Gestão Financeira para Profissionais de Saúde

Tempo de leitura: 4 minutos

Você pode até pensar, qual a relação entre gestão financeira e o profissional de saúde?

Pode não parecer, mas uma boa administração é fundamental nesse segmento, organização estratégias e planejamento são muito importantes na hora de nortear o trabalho da clínica e dos profissionais de saúde envolvidos.

Procurar formação na área de gestão financeira pode ser uma maneira de ter o controle da administração da sua empresa, além de agregar valor ao seu curriculum e a sua imagem.

Para ajudá-lo a entender mais sobre esse assunto tão importante que é a gestão financeira, seguem algumas dicas.

  1. Planejamento

Gerir financeiramente sua clínica, requer planejamento, sempre respeitando as particularidades do segmento; elaborar estratégias e definir objetivos e metas se fazem importantes.

Os objetivos ficam mais visíveis quando divididos em gerais e específicos, sendo o primeiro para planos mais duradouros e o segundo com prazos bem específicos.

Nesse planejamento é importante constar todas as atividades a serem efetuadas de acordo com prazos e obrigações.

  1. Documentos

A organização de documentos relativos a imóveis, contratos, boletos, documentos de pacientes, comprovantes de pagamentos e demais documentos relevantes, devem sempre estar em dia.

Armazene tudo adequadamente em arquivos físicos ou em sistemas, essa é uma boa forma de evitar perdas. Digitalize aqueles mais importantes e coloque-os em locais adequados e protegidos.

  1. Controles Mensais

Um bom gestor ou líder empresarial precisa estar sempre atento a todos os pontos, uma boa maneira de avaliar se as estratégias e planejamento da clínica estão sendo corretamente executados, é avaliando mensalmente suas finanças.

Um sistema automatizado pode auxiliar nesse processo e facilitar a identificação de possíveis falhas de aplicação e execução, assim você poderá ter indicadores para uma análise eficaz dos resultados, agilizando tomadas de decisões, quanto as melhorias necessárias.

  1. Fluxo de caixa

O controle do fluxo de caixa é indispensável em qualquer ramo de atuação, se trata de uma ferramenta fundamental para planejar os custos, e entender os lucros.

Visualizar as contas a pagar e a receber e quais os prazos para que isso aconteça, melhora infinitamente o andamento das finanças da clínica.

Dentro do caixa deve se considerar:

  • Contas a vista e contas a pagar (aluguel, água, luz, telefone, etc.)
  • Pagamento de funcionários
  • Saldo em conta
  • Contas recebidas e a vista e a receber
  • Rendimentos de outras fontes (investimentos, etc.)
  • Patrimônio

Vale lembrar que a tecnologia é sua aliada e usá-la irá facilitar muito todo esse controle.

  1. Classificação e separação de gastos;

Para ter uma clínica saudável financeiramente é preciso separar os gastos particulares dos gastos profissionais, suas contas pessoais jamais devem ser incluídas no caixa.

A classificação dos gastos também se faz necessária, considerando os fixos e os eventuais.

Assim terá uma visão mais ampla de quais seus gastos mensais e programar investimentos e ações para promover e potencializar seu empreendimento.

  1. Projeção

Normalmente quando se faz um planejamento ele se é baseado em projeções, aqui o profissional de saúde deve ficar muito atendo ao futuro, o ideal é ter metas realista, ainda que arrojadas.

Partindo disso você terá grande êxito como empreendedor.

O ato de projetar, envolve muitos planos, prazos, metas e estratégias, e é uma maneira eficiente de incentivar a atividade profissional.

  1. Tributos

Esteja sempre atento aos impostos e taxas que se enquadram na sua categoria, entenda quais regimes devem ser adotados e o funcionamento de recolhimento para empresas da área da saúde, com a ajuda de um profissional contábil evitará surpresas e gastos desnecessários.

Por fim, vale lembrar que vale a pena o profissional da saúde investir tempo e conhecimento na área de gestão financeira, mesmo que ele designe o papel de gerir a um colaborador, é importante conhecer as particularidades de uma administração para poder acompanhar e avaliar sua empresa, participando sempre das tomadas de decisões e das estratégias no objetivo de alcançar os resultados desejados.

Um bom profissional de saúde sempre mantém um olhar sobre o futuro e cuidar da sua instituição é uma maneira de garantir bons rendimentos, pois uma empresa lucrativa, tem grande credibilidade diante do mercado.

Se você ainda não começou a fazer gestão financeira da clínica, agora é a hora, acredite, uma empresa mais organizada irá fazer toda diferença em sua carreira profissional.

Fazemos um convite todo especial para que conheça nosso Treinamento voltado pra você ter uma alta performance clínica! CLIQUE AQUI PARA RESERVAR A SUA VAGA!

Deixe aqui o seu comentário
Deixe aqui o seu comentário