Sinais que repercutem na saúde

Tempo de leitura: 5 minutos

A nossa busca por qualidade de vida é importante darmos atenção para os alertas físicos e principalmente os emocionais, pois dores físicas e outros problemas podem vir em decorrência não somente de lesões ou acidentes, mas podem estar relacionados a outros desequilíbrios do nosso organismo.

Um exemplo de sistema presente em nosso corpo e possui funções que estão atreladas ao nosso bem-estar físico e mental é o equilíbrio do nosso sistema nervoso Autônomo (SNA), também pode ser chamado de sistema nervoso visceral.

O SNA é responsável pelas reações do nosso corpo as funções como respiração, digestão e circulação sanguínea. Conhecer o nosso corpo influi de forma positiva na saúde física, mental e o equilíbrio emocional.

 

Sistema Nervoso Autônomo – SNA

O SNA divide-se em sistema parassimpático e simpático.

Ele é responsável pelas reações do nosso corpo como, por exemplo, quando entramos em um local com ar condicionado sentimos frio e o corpo gera calor a fim de reduzir aquela sensação térmica ou ao caminhar em um dia ensolarado sentimos calor e começamos a suar, esse suor é o organismo reequilibrando a temperatura do corpo.

Além disso, o SNA é responsável por funções como os batimentos cardíacos, vasomotricidade do nosso sistema vascular como alterações da pressão arterial e controla as funções digestivas no organismo.

 

Parassimpático, as funções desse sistema estão relacionadas com o nosso corpo a momentos de calma, ele atua da seguinte forma: desacelerando batimentos cardíacos, reduzindo adrenalina ou a pressão arterial.

 

Observe:

  • Nervo Oculomotor – coordena o músculo ciliar e o esfíncter da pupila. Responsável pela coordenação em quase todos músculos do bulbo do olho;
  • Nervo Facial – responsável pelo movimento dos músculos faciais e pela sensação gustativas do terço anterior da língua;
  • Nervo Glossofaríngeo – percepções sensoriais da faringe, laringe e palato, também da sensação gustativa do terço posterior da língua;
  • Nervo Vago – permite a integração das sensações das vísceras torácicas, rins, estômago, faringe e uretra.

O sistema nervoso Simpático tem função contrária ao parassimpático.

Este sistema tem funções relacionadas a momentos de estresse, aumentando assim os batimentos cardíacos, a pressão arterial e os níveis de adrenalina. O sistema simpático tem seus neurônios localizados na medula espinhal e próximo a coluna vertebral ( T1 a L2 ). O modo como o sistema nervoso simpático funciona é por envio de informações para diferentes partes do corpo de forma às vezes simultâneas. Essa transmissão de informações são classificadas em dois tipos: mensagens eferentes e mensagens aferentes. Sendo que as mensagens eferentes são as nossas reações como: aceleração dos batimentos cardíacos, pupila dilatada, transpiração, peristaltismo do estômago, etc. As mensagens aferentes são informações que se transformam em sensações de calor, frio ou até mesmo dor.

Quais os sinais do nosso corpo

O equilíbrio entre o SNA parassimpático e o simpático como vimos anteriormente, eles funcionam de forma contrária ao outro. Por isso que quando uma das divisões trabalha mais do que a outra, ele começa a predominar no organismo e prejudica o funcionamento do nosso corpo. Quando o sistema simpático começa a ser predominante, as consequências são:

funções do parassimpático comprometidas, uma digestão lenta, falta de sono e fome, agressividade, ansiedade e outros problemas intestinais, como úlceras. Com o simpático mais ativo que o parassimpático, os problemas podem ser tanto emocionais como físicos.

Porém, quando o parassimpático começa a predominar, a digestão melhora, os nutrientes são absorvidos de forma mais eficiente, melhorando a função de vários órgãos.

Porém, as consequências como: sonolência, pressão baixa, depressão, alergias, bronquite, obesidade e asma. O indivíduo que tem a predominância desse sistema, não está predisposto a realizar atividade física e necessita de longas horas de sono, o que facilita o desenvolvimento do sedentarismo.

Como vimos, o desequilíbrio das divisões do SNA podem trazer consequências físicas e emocionais para o nosso corpo.

 

Sistema neuroendocrino
Sistema neuroendócrino

O equilíbrio do SNA pode ser alcançado através de um trabalho respiratório, a meditação, atividade física além de melhora a capacidade de movimentação do corpo por exemplo, é fundamental para se ter um sistema simpático-parassimpático equilibrado.  A pessoa que possui esse equilíbrio tem sono regular, energia, melhor digestão, emoções controladas sem extremos e conseguem lidar com suas emoções.

O profissional da saúde precisa de uma avaliação que permita identificar todos os fatores que podem influenciar a saúde do paciente, como qualidade do sono,  estresse, alimentação e estilo de vida. O nosso corpo através do nosso SNA emite sinais de algum desequilíbrio, que interfere diretamente sobre nosso sistema neuroendócrino proporcionado uma reação e interferência em vários sistemas.

Essa é a proposta do Conceito SIn! Trazer o paciente para o centro da atenção! Permitir a troca de experiência de fisioterapeutas, dentistas, psicólogos, médicos, nutricionistas dentre outros profissionais de saúde, para beneficiar sempre o paciente com um atendimento integrativo. Quer participar do maior e mais completo programa de treinamentos para profissionais da saúde? Clique aqui!

Deixe aqui o seu comentário
Deixe aqui o seu comentário